terça-feira, 3 de setembro de 2013

Possessões Demoníacas: Existe ou é somente mais uma chama de fiéis

É de suma importância o fato de existir várias discurções sobre esse tema, mas uma pergunta fica no ar, Existe ou é somente mais uma chama de fiéis?

Possessão designa-se como o controle de um indivíduo por um ser sobrenatural, atribuídos a espíritos ou a demônios. Descrições de possessões muitas vezes incluem memórias ou personalidade apagadas, convulsões de desmaios, conhecimento oculto (gnosis) e línguas estrangeiras (glossolalia), mudanças drásticas na entonação vocal e estrutura facial, o súbito aparecimento de lesões (arranhões, marcas de mordida) ou lesões e força sobre-humana.


Seguindo uma visão científica a possessão não é um diagnóstico psiquiátrico ou médico, quase todos os sintomas são comuns a algumas doenças mentais tais como histeria, mania, psicose, síndrome de Tourette, tiques nervosos, epilepsia, esquizofrenia ou transtorno dissociativo de identidade (conhecido como Identidade Múltipla). Em casos de transtorno dissociativo de identidade em que a personalidade é questionado quanto à sua identidade, 29% são relatados como possessões de demônios.


O caso mais conhecido é de Anneliese Michel, que  foi uma jovem alemã de família católica que acreditava ter sido possuída por uma legião de demônios, tendo sido submetida a uma intensa série de sessões de exorcismo pelos padres Ernest Alt e Arnold Renz em 1975 e 1976. O Caso Klingenberg, como passou a ser conhecido pelo grande público, deu origem a vários estudos e pesquisas, tanto de natureza teológica quanto científica, e serviu como inspiração para os filmes O Exorcismo de Emily Rose, dirigido pelo cineasta estadunidense Scott Derrickson, e Requiem, dirigido pelo polêmico cineasta alemão Hans-Christian Schmid.

Por: Felipe Rodriguez
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...