terça-feira, 13 de setembro de 2011

Anime Recomendado: Claymore


Nesse mundo, desde épocas antigas, pessoas eram comidas por seres chamados "youma". Por um longo tempo, pessoas viveram sem um meio de lutar contra os eles. Entretanto, surgem mulher meio-humana e meio-youma... Mulheres guerreiras conhecidas como "Claymore", com olhos prateados que podem ver a verdadeira forma dos "youma", e usam uma grande espada como arma, e lutam com os seres que as pessoas nomearam de "youma".


Claymore é baseado no mangá, de mesmo nome, de Yagi Norihiro.
 
Claymore (em japonês: クレイモア, Kureimoa) é um mangá escrito e ilustrado por Norihiro Yagi e publicado pela Monthly Shonen Jump desde 2001. A revista foi encerrada e atualmente, a publicação ocorre na Jump Square. Uma adaptação para anime foi feita pela Madhouse e exibida pela Nippon TV, contém 26 episódios de 23 minutos de duração cada.
 
História:
A história se passa em um mundo ficcional no estilo medieval. Politicamente, consiste na divisao de 47 regioes em um unico continente. Nesse mundo, humanos coexistem com criaturas chamadas Youma, seres que se alimentam de vísceras humanas. Youmas sao capazes de adquirir a forma humana e se escondem em cidades para se alimentar. Um Youma é capaz de absorver as memorias e personalidade de sua presa, permitindo que eles enganem amigos e familiares.
Devido a situaçao uma organização sem nome e altamente secreta criou uma ordem de guerreiros modificados com o objetivo de proteger os humanos. Esses guerreiros vieram a ser chamados popularmente de Claymores, devido as imensas claymores que portam. Vilas sob ataque de Youmas contratam os serviços das Claymores. A organizaçao é a unica que tem contato direto com esses guerreiros e mantem o controle de cada serviço e divisao por regiao, alem de missoes feitas para o proprio interesse da organizaçao. Cada pedido de aniquilaçao de Youmas tem um custo altissimo e so apos o sucesso da missao a organizaçao recebe o pagamento, que é recebido por um homem de preto que vem a cidade logo apos a saida do guerreiro. Caso o guerreiro morra e nao termine o serviço o pagamento nao precisa ser feito. Tambem existem boatos de cidades que se recusaram a pagar e pouco dias depois foram dizimadas por ataques consecutivos desses monstros, sem qualquer respostade ajuda por parte da organizaçao.

Sobre as Claymores: 

A Organização cria as "Claymores" implantando a carne e o sangue de Youma em humanos, num processo doloroso e extremamente longo, e assim, criando híbridos que são mais poderosos que os Youmas originais, devido ao seu treinamento com armas e inteligência superior. Esses híbridos usam enormes claymores que humanos normais (em sua grande maioria) não possuíriam força necessária para manejá-las e são caracterizados pelos seus olhos cor de prata e cabelos loiros/brancos, e, devido a sua mescla de raças, algumas adquirem orelhas pontudas ao estilo élfico. As habilidade padrões de uma Claymore incluem sobretudo uma proeza física incrementada (mais notavelmente dando ênfase a Força), recuperação de ferimentos acelerado (algumas Claymores são capazes até de regenerar membros inteiros), modificação limitada de aspecto/forma e a habilidade de detectar Youmas sentindo o seu Youki (em japonês: 妖気?), que é nada mais nada menos que a sua presença espiritual, e pelas Claymores serem Meio-Youmas, também possuem Youki. Para usar suas habilidades eles acessam seus poderes da sua metade Youma. Entretanto, se o poder proporcionado por sua parte Youma for forçado até um certo limite, uma Claymore perde toda a sua humanidade e se torna um poderoso Youma, altamente inteligente e com uma incrível sede de sangue chamado de Kakuseisha ("Ser Despertado").
Uma Claymore irá pedir a um companheiro (normalmente com quem possua mais afinidade) para matá-la caso sinta o início de um "Despertar", assegurando que esse não se torne no monstro em que caça. Após a transformação ainda sobra algo da consciência humana nos Kakuseishas, porém ficam completamente dominados pelos instintos de Youma sentindo uma fome incontrolável por vísceras humanas e sentindo um grande alívio por se verem livres dos antigos conflitos humanos. Todavia, esse alívio dura pouco, algumas entram em grave conflito psicológico ao se ver como um monstro, desejando a morte. Mas a maioria se agarra a vida e segue seus novos instintos espalhando o terror entre os humanos. Os mais antigos têm até mesmo consciência completa de seu passado, e do que são.

Alguns Kakuseishas como Easley Prateado do Norte, Imperatriz Riful do Oeste, Luciela e outros tem até a capacidade de voltar à forma humana e agir como humanos normais.
  • Porcentagem de liberação de Youki:
    • 10%: Os olhos mudam de cor;
    • 30%: O rosto fica distorcido;
    • 50%: O corpo sofre alterações para o estado Youma;
    • 70%: A mente fica confusa e torna-se 70% Youma;
    • 80%: Ponto tido como sem retorno — passando desse limite é impossível impedir a transformação em Kakuseisha (veja mais em "A Verdade por trás da Organização").


Apesar de salvarem os humanos, Claymores são geralmente alienados e temidos pelos próprios humanos devido aos seus incríveis poderes, sua relação com Youmas, e as suas atitudes arredias em geral. Humanos os chamam freqüentemente de "Bruxas do Olhar Prateado" ou apenas de "Monstros". Membros da família de um indivíduo personificado por um Youma (que geralmente só é descoberto após o próprio Youma ser morto por uma Claymore) tendem a serem banidos de suas vilas por medo de que esses sejam Youma também. Claymores muitas vezes são crianças que sofreram esse destino ou sobreviventes de vilas destruídas por Youmas. Conseqüentemente, de seu histórico, sangue Youma, treinamento e vidas difíceis causam que muitas Claymores sejam extremamente sérias ou ao menos visivelmente frias. Claymores geralmente vivem vidas infelizes e desoladas devido ao seu estilo de vida solitário e o conhecimento de que eventualmente morrerão ou se tornarão monstros (o processo para se tornar um Kakuseisha não é gradual, é sempre quando se passa do limite corpóreo de cada Claymore. Quando uma Claymore está debilitada, esse limite tende a diminuir, fazendo com que o despertar seja mais rápido caso essa use seus poderes em um estado gravemente ferido). Algumas se tornam temperamentais e facilmente irritadas, enquanto outros se tornam matadoras sedenta por sangue que gostam de tirar vidas, mais selvagens que os próprios Youmas a quem caçam. Quase todos elas evitam qualquer tipo de relacionamento com humanos se não profissional.
Todas as Claymores são mulheres, muitas pensam que o motivo para tal é que os homens não suportam o processo de transformação. Mas a verdade é que os homens Claymores foram guerreiros incríveis, porém não tinham o essencial, que era a capacidade de evitar o despertar. Liberar Youki é algo prazeroso, comparável a um orgasmo, e como tal quanto mais se aproxima do seu ápice mais difícil é voltar, sendo que os homens se deixavam transformar facilmente em Kakusheishas por não terem a força de vontade necessária contra esses sentimentos. A raiva, o sofrimento e o medo são os principais catalisadores da liberação de Youki. Claymores, quando encontram-se em situações extremas podem, mesmo que involuntariamente, despertar como instinto de sobrevivência. Ou até mesmo o desejo ardente de cumprirem seu dever enquanto Claymores, ou se vingar dos Youmas, pode lhes provocar uma raiva tão violenta que na intenção de cumprirem sua própria função acabam passando para o lado do inimigo. Os seres despertados mais antigos são do sexo masculino, dos tempos do começo da organização.

A Organização em sua Fachada

Embora secreta, a Organização é normalmente contactada por cidades ou vilas (ou vice-versa) atacadas por Youmas, e, em resposta, despacha um número apropriado de Claymores para eliminar o(s) alvo(os). Sendo a missão bem sucedida, a organização manda um agente trajado de preto para coletar a enorme gratificação pelos seus serviços. Uma cidade que não pagar a organização não receberá mais assistência da tal, e ficará a mercê dos Youmas (normalmente, o conhecimento do não-pagamento é público, e chega às mãos dos Youmas, que massacram a vila em um ataque devastador, sem deixar um único sobrevivente). É insinuado em alguns lugares que a própria Organização informa aos Youmas que tal cidade não está mais sob a proteção dos Claymores. A Organização é exigente e severa quanto a atuação de suas guerreiras; híbridos que quebrarem as regras (por exemplo, matar um humano, mesmo que acidentalmente ou para proteger outros) serão caçados pelos seus companheiros. Claymores que causarem problemas ou que criam suspeitas de estar na beira do "Despertar" são enviadas a missões suicidas sem o seu conhecimento.

Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...