domingo, 25 de outubro de 2009

Bakuman


Bakuman

Bakuman conta a história de dois garotos, Mashiro Moritaka (Saiko) e Takagi Akito (shujin) que por uma "armadilha do destino" (eu diria que foi um suborno, algo do tipo: ou tu vem comigo ou tá ferrado), se tornaram amigos e juntos se esforçarão o máximo para realizarem seus sonhos: serem mangakás famosos. Falando assim, parece algo idiota, mas é MUITO, MUITO mais que isso.

Ambos são estudantes do ginásio, se preparando para o colegial.

Saiko está com 14 anos e vivendo aquele velho dilema de "o que vou ser quando crescer?", ele já havia se conformado em estudar apenas o necessário, pegar um emprego qualquer em escritório e levar a vida assim mesmo, sem nenhuma perspectiva de futuro, por conta do passado de seu tio (um mangaká), ele tem medo de tentar algo mais ousado e falhar, acha absurdo que alguém tenha sonhos absurdos e lutem para conquistá-los ( ser ator, um cantor, dublador de anime, mangaká...).

Shujin é o aluno gênio, o cara brilhante do colégio, que sempre tira as melhores notas, aquele cara que tu olha e tem certeza: vai ser um médico/engenheiro/advogado e ganhar muito dinheiro, é inteligente, não precisa se esforçar pra isso. Mas shujin não quer ser nada disso, ele é uma daquelas pessoas que tem "um sonho absurdo", Shujin quer ser um mangaká. Mas só tem um problema: por mais inteligente que seja, shujin não possui o dom de desenhar, precisa de alguém que o ajude e ele escolhe justamente Saiko para isso.

Depois de certos contratempos, Saiko finalmente aceita a oferta de Shujin e juntos começam a trabalhar.

Até onde você iria para realizar um sonho?

Os protagonistas não são os únicos que possuem sonhos, vários personagens ao longo da história vão surgindo. O enredo irá se desenvolver com isso: a trajetória de Saiko e Shujin até virarem mangakás, passando por dificuldades, os prêmios que irão concorrer, as decepções por não terem sido selecionados, a alegria da primeira publicação, o choque ao descobrir coisas cruéis do mundo dos mangakás e como funciona a redação da Shounem Jump =P. Para conseguirem isso, vão para uma escola mediana, passam noites sem dormir trabalhando no próximo mangá a ser entregue, não é apenas querer ser um mangaká famoso, isso não é um capricho, cada um deles tem uma meta que quer cumprir e para isso é necessário abrir mão de certas coisas.

Toque "didático":

O legal de Bakuman, é que você também aprende como funciona o mundo dos mangás. Para isso, usaram uma estratégia: Saiko é sobrinho de um ex-mangaká, por isso, ele sabe de muitos termos técnicos sobre o assunto que shujin desconhece, ao explicar para shujin, nós acabamos aprendendo isso também. Além de Saiko, há um outro personagem: o editor (que não lembro o nome), um cara que trabalha na shounem jump analizando projetos de mangás para serem publicados e que enxerga potencial nos dois meninos, mas sabe como funciona esse mundo e procura poupar elogios para que eles continuem sempre a melhorar. É atraves desse personagem que sabemos como ocorre o processo de seleção para um mangá ser publicado na Jump e o que é necessário acontecer para um mangá ser cancelado, o que eles fazem quando precisam "despedir" um autor, etc.

Autobiográfico??

É impossível não comparar os personagens aos autores do mangá.

- Pra começar, ambos são duplas: um é responsável pelo roteiro e o outro pelo desenho.
- Shujin é um cara inteligente, gosta de escrever roteiros inteligentes, quando tentaram fazer algo shounem a coisa saiu ruim. Logo, Saiko e Shujin optaram por um caminho arriscado: fazer mangás "cults", ou seja, com uma história mais inteligente. Da mesma forma que os autores ao lançarem Death Note.
- Quando não faziam um projeto de mangá cult, shujin pensava em alguma história que contasse a superação de alguém em busca dos seus sonhos, da mesma forma que os autores estão fazendo com Bakuman.

São só algumas coisinhas =P


O mangá foi lançado em agosto e é publicado semanalmente, já está no capítulo 16. Não esperem uma história com muita ação e lutas, não esperem por uma cópia de Death Note, não esperem por NADA! Bakuman é um mangá bastante diferente do que você possa ter lido, apenas curtam o mangá e comecem a torcer e acompanhar a trajetória desses dois ^^

Ah claro, tem uma pitada de romance.... Aliás, o romance é um dos principais focos junto com a trama de virar mangaká, aliás, é uma.... Bem, como aqui só tem macho que não curte essas coisas, melhor nem comentar e poupar os spoilers U__U


Review bíblico by Lacus.
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...